Doce Neurose

Eu acho que eu não preciso te dizer que você está ficando neurótica, querida.

O quê? Claro que eu não estou te chamando de maluca. Estou chamando de neurótica, é completamente diferente. Evidente que é. Nem me venha com esse papinho furado de semântica, eu quis dizer o que eu disse, e ponto final. Que mania que você tem de torcer as coisas que eu digo!

Não, não precisa chorar, né. É claro que eu ainda te amo, querida. Mentira, eu nunca disse que você era burra. Eu só apontei para você um erro bem obvio que você cometeu… Sim, você está errada! Não tem como… Ok, ok… Não vamos começar isso de novo.

Ai, ai, as coisas que a gente faz por amor…

Eu admito, a trilogia nova é bem melhor que a original. Satisfeita, agora? Isso, um sorriso iluminando esse rostinho lindo.

Agora vem, larga essa faca e deita aqui comigo.